Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Lusmario Batista suspeito de matar criança de 4 anos em Guarapari é preso

Lusmario Batista suspeito de matar criança de 4 anos em Guarapari é preso
22 agosto 21:33 2019 Imprimir notícia
Justiça

O suspeito de ter assassinado o menino Enzo Gabriel, de 4 anos, no dia 10 de agosto 2019, em Guarapari, na região metropolitana de Vitória, foi preso na manhã desta quinta-feira (22), em Ibiraçu, no norte do Espírito Santo. Lusmario Batista, de 27 anos, foi levado para o Departamento de Homicídios em Vitória, onde prestou depoimento.Segundo a polícia, Lusmario Batista atirou para matar o pai do menino, mas os tiros atingiram a criança, que morreu. A mãe também ficou ferida. O caso aconteceu no dia 10 de agosto, no bairro Concha d’Ostra, em Guarapari.

O delegado do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Guarapari, Franco Malini diz que Lusmario premeditou a vingança. O pai da criança, Jacques de Jesus Ferreira, já teria tentado matar o suspeito, em 2013. O delegado ainda afirma que o suspeito atirou propositalmente na mãe da criança.

"Lusmario estava escondido na localidade de Pendanga, em um topo de morro, um lugar de difícil acesso. A autoria está confirmada. Nós temos provas testemunhais e técnicas que apontam que ele é o autor. Essa história vem porque ambos eram envolvidos com crimes. O Lusmario acusa o Jacques de ter perdido uma arma e não ter pagado. O Jacques atentou, em 2013, contra a vida do Lusmario e ficou preso por três anos.

Depois disso, o delegado disse que os dois perderam o contato. Neste ano, Lusmario tinha descoberto onde Jacques estava morando e premeditou a vingança. O suspeito foi até a casa e primeiro atirou na mãe e acabou atingindo a criança e depois foi atrás de Jacques.

Enquanto esperava pra fazer o exame de corpo de delito, no DML, de Guarapari, o suspeito negou o crime e disse que tinha uma briga por causa de uma arma com o pai da criança morta. Em uma briga, ele disse que chegou a ser baleado pelo pai do menino. “Ele tem um monte de inimigo, não sou só eu”, afirmou o suspeito.

Caso

O crime aconteceu no último dia 10, no bairro Concha d'Ostra em Guarapari. A família estava em uma casa em construção quando um homem se aproximou e atirou contra a eles.

Os disparos atingiram a criança, Enzo Gabriel, de 4 anos, foi atingido e morreu, e os pais. A mãe foi internada e o pai, Jacques de Jesus Ferreira, de 28 anos, fugiu.

PORTAL SBN | SISTEMA BRSILEIRO DE NOTÍCIAS

Deixe seu comentário