Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Hospital Estadual de Urgência e Emergência promove ação no Dia Mundial do Diabetes

Hospital Estadual de Urgência e Emergência promove ação no Dia Mundial do Diabetes
19 novembro 18:35 2019 Imprimir notícia
Saúde

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, unidade hospitalar gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, orientou usuários e colaboradores sobre a importância de se atentar à quantidade de açúcar presente em alimentos e bebidas. A ação da equipe de Nutrição Clínica foi realizada em alusão ao Dia Mundial do Diabetes, que aconteceu na última quinta-feira (14). Para exemplificar a ação, foi criado um expositor com figuras de biscoitos, chocolates e refrigerantes e a quantidade de açúcar que cada um deles contém.

"Seis quadradinhos de uma barra de chocolate ao leite convencional equivalem a uma colher de sopa de açúcar. Por isso, é muito importante se atentar ao que é consumido e a quantidade desses alimentos", explicou Sabrina Coelho, nutricionista do HEUE.

Segundo Sabrina Coelho, a proposta da ação educativa é orientar sobre os cuidados necessários com a saúde, principalmente com as crianças, e, consequentemente, evitar doenças como o Diabetes.

O Diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose e garante energia para o organismo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, no Brasil, atualmente existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença, o que representa 6,9% da população nacional.

Sabrina Coelho explicou que existem dois tipos de diabetes – tipo 1 e tipo 2. "O tipo 1 é uma doença crônica, mais frequente em adultos. Pessoas que com parentes próximos necessitam fazer acompanhamento da glicose no sangue. Já o diabetes tipo 2, acontece quando o corpo não aproveita adequadamente a insulina produzida", explicou a nutricionista.

Ela afirma ainda que o sobrepeso, sedentarismo, hábitos alimentares inadequados e falta de uma atividade física contribuem para o aparecimento do diabetes tipo 2. "É uma doença silenciosa, que pode ser tratada. Por isso, é essencial manter uma alimentação mais saudável, acompanhada de exercícios físicos", acrescentou.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros – a maioria no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/ASCOM 

Deixe seu comentário