Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Agricultores buscam meios de comercializar seus produtos durante a pandemia de Covid-19

Agricultores buscam meios de comercializar seus produtos durante a pandemia de Covid-19
30 março 19:51 2020 Imprimir notícia
Espírito Santo

A preocupação com a saúde levou a família Tesh a deixar para trás o cultivo tradicional e enveredar-se pelos caminhos da agricultura orgânica. Recentemente, diante da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os agricultores, que são atendidos pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), intensificaram os cuidados com a saúde, tanto de si próprios quanto dos clientes.

O agricultor Thiago Tesh cuida da comercialização dos produtos. “Em razão da situação atual, precisamos realizar algumas adequações nas entregas. As embalagens não serão mais retornáveis. Faremos as entregas em sacolas de papel ou em caixas de papelão descartáveis. Cobraremos um adicional pela embalagem, mas não aumentaremos os valores dos produtos”, explicou Thiago Tesh, um dos integrantes da família.

Outra opção de Thiago Tesh é a realização de uma espécie de drive-thru. “O cliente pede por telefone ou aplicativo de mensagem, eu separo tudo em casa, o cliente vai até o local e não precisa nem sair do carro. Eu coloco no porta-malas e acertamos via transferência bancária ou aplicativo de pagamento, tudo isso tomando todas as medidas de higienização possíveis. Após cada entrega, é feita a esterilização das mãos com o álcool em gel antes de passar para a entrega do próximo cliente”, afirmou.

Em Linhares, os feirantes do município entregam os produtos vendidos nas tradicionais feiras livres na casa dos seus clientes, de graça. O serviço será realizado toda sexta e sábado e os pedidos devem ser realizados por telefone. São três cestas, duas pré-determinadas pelos feirantes com produtos e preços fixos e a personalizada, que cada cliente monta a sua, e paga pelo peso.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/ SECOM 

Deixe seu comentário

SIGA-NOS