Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Prestação de contas eleitorais para 2020 já mobiliza partidos

Prestação de contas eleitorais para 2020 já mobiliza partidos
06 novembro 11:43 2019 Imprimir notícia
Política

Com os problemas envolvendo acusações de uso de laranjas no PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro e com a aproximação das convenções partidárias e as definições dos nomes que vão disputar as eleições em 2020, os partidos no Espírito Santo já se mobilizam no sentido de orientar seus filiados e possíveis candidatos a vereador e prefeito.

É o caso do partido Republicanos, da capital capixaba que realizou segunda-feira, 04, evento de orientação aos pré-candidatos. O partido promoveu palestra com o cientista contábil Carlos Alberto Matias Fontoura que falou para os cerca de 80 presentes no evento. Carlos Alberto esclareceu que não há mudança significativa nas regras para as eleições do ano que vem.

“Não há nada de diferente, se mudar algo é a questão de limite de gasto por candidato, que vai ser divulgado ainda, por município, pela Justiça Eleitoral” afirmou Carlos Alberto.
O contador esclareceu que o principal erro cometido pelos candidatos acontece nos procedimentos de arrecadação e gastos.

“É preciso estar bastante atento. As arrecadações têm que ser identificadas corretamente de acordo com o limite. Depósito bancário de até R$ 1064,00 precisa ser identificado por CPF e, acima disso, por meio de transferência bancária”.

Quanto à prestação de serviço, o contador esclareceu que a contratação deve ser realizada por contrato identificando o tipo de serviço que a pessoa física está prestando e apresentar, posteriormente, o pagamento a esse trabalhador como cheque, transferência bancária ou recibo de pagamento.

Laranjas

Para evitar problemas como os ocorridos com o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, Carlos Alberto Fontoura ressalta que é preciso mais atenção com os fornecedores, em especial, com as gráficas.

“É bom verificar bem o fornecedor que imprime o material de propaganda do candidato. Tem que ver se ele existe de fato e se funciona há mais de um ano. Além disso deve-se verificar se não está inapto perante a Receita Federal. É muito importante pedir, sempre, que o fornecedor emita a Nota Fiscal no ato da contratação do serviço. É importante observar isso”, esclarece Carlos Alberto.

PORTAL SBN| POR ANDRÉ TRISTÃO AQUINO 

Deixe seu comentário