Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Perda de apetite sexual está entre os problemas da medicação contra queda de cabelo

Perda de apetite sexual está entre os problemas da medicação contra queda de cabelo
14 maio 17:15 2019 Imprimir notícia
Saúde

Muitos homens, principalmente os de meia-idade, procuram a Finasterida, medicamento que chega às farmácias nas versões 1 g e 5 g, para coibir a queda de cabelos.

No entanto, por conta da busca pelo Dr. Google, o público masculino tem verdadeiro pavor de utilizar esta medicação, já que muitas informações dão conta de relatos sobre impotência sexual.

“A Finasterida é o principal medicamento para tratar a queda capilar. O remédio é capaz de bloquear uma enzima (5α-Redutase) e inibir a produção de DhT. O grande problema desta medicação é que ela pode causar alguns efeitos colaterais como a perda de apetite sexual, além da diminuição do volume ejaculatório”, alerta o médico.

Outro pormenor referente à utilização de Finasterida é que o medicamento apenas atenua a queda dos fios enquanto o usuário estiver consumindo a substância. “Se parar de ingerir o medicamento, a calvície volta. Para o problema estancar de vez, apenas um transplante capilar poderá reverter definitivamente o problema”, assegurou.

Além dos efeitos colaterais em homens, o uso de Finasterida pode ser ainda mais perigoso para as mulheres, principalmente às gestantes. “A droga pode causar um mal ainda maior às grávidas, a teratogenicidade, isto é, alterações no feto que podem prejudicar a saúde do bebê”, adverte Bianco.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS

Deixe seu comentário