Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Homem é condenado a 30 anos de prisão, por assassinar a própria mulher em 2016

Homem é condenado a 30 anos de prisão, por assassinar  a própria mulher em 2016
11 julho 11:30 2019 Imprimir notícia
Justiça

Foto: Reprodução/ Record TV

O consultor financeiro Chateaubriand Bandeira Diniz Filho, de 51 anos, foi condenado a 30 anos de prisão, em regime fechado, por matar a mulher, Mariana Marcondes, a facadas em setembro de 2016. O crime ocorreu no Belém, na zona oeste de São Paulo. As informações são da Record TV.

O julgamento, que durou seis horas, aconteceu no Fórum Criminal da Barra Funda e terminou no final da noite de quarta-feira (10). A juíza Marcela Raia de Sant'Anna, do 1º Tribunal do Júri, o considerou culpado por feminicídio com motivo torpe, meio cruel, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e pelo fato de a vítima ser uma mulher.

Na época, Chateabriand matou a mulher na frente dos filhos e na sequência viajou com as crianças para o Rio de Janeiro. O consultor já estava preso preventivamente e havia sido condenado pela lei Maria da Penha por agressões a mesma vítima.

PORTAL SBN | SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS

Deixe seu comentário