Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Filha de catadores de recicláveis conquista bolsa para estudar fora do país

Filha de catadores de recicláveis conquista bolsa para estudar fora do país
16 janeiro 15:06 2020 Imprimir notícia
Educação

Com os olhos marejados de tanto orgulho e felicidade, os catadores de matérias recicláveis Alvanete Eleotério e Ubirajara dos Anjos falam do orgulho que estão sentindo por verem a filha Luíza, de 18 anos, ganhar uma bolsa para estudar fora do país.

“Já fui doméstica, trabalhei no comércio, auxiliar de crianças e hoje trabalho como catadora de material reciclável na Abrasol (Associação Banco Regional Ambiental Solidário), em Planalto Serrano. Por isso, é um sonho ver isso acontecer com a minha filha. A Luíza sempre se destacou, tem potencial e é dedicada aos estudos. Nunca fui chamada na escola, sempre que ia aos plantões pedagógicos era só elogio. Ela vai ser o que ela quiser ser”, afirmou a mãe coruja, que contou que fez parte da alfabetização da filha.

Já o pai Ubirajara, mais conhecido como “Bira”, revelou que antes mesmo da filha viajar ele já está sentindo saudades. “Ela sempre foi estudiosa. Estou orgulhoso. Que tudo isso seja e aconteça para a Glória de Deus, que a tem guiado até aqui”.

Seleção

Luíza participou de um processo seletivo, com provas escrita e oral, no ano passado. Assim que recebeu a notícia da aprovação, não parou de pensar na viagem. Os locais de destino da estudante estão entre Estados Unidos, Inglaterra e Canadá. O país será escolhido por sorteio. “A minha torcida será para o Canadá, porque amo o frio”, disse a estudante.

A oportunidade para aperfeiçoar o inglês vai durar três meses. Esta será a primeira vez que Luíza vai viajar para fora do país.

“Pretendo levar um pouco do conhecimento que adquiri aqui e trazer ideias do que eu aprender lá, principalmente sobre como funciona a separação de resíduos. Quando eu voltar do intercâmbio também pretendo dar aulas de inglês para as crianças, de 6 a 9 anos, do bairro”, prometeu Luíza.

Dona Alvanete relembra que a filha cresceu vendo ela e o pai trabalhando na associação e lendo alguns livros que achava no meio dos recicláveis. “Ela sempre foi muito curiosa e esforçada. Quando Luíza era pequena sempre ajudava a cuidar de outras crianças na associação ou a mexer em algum programa no computador que não tínhamos o domínio. E por ela ter visto e acompanhado todas as dificuldades dos catadores, meu desejo é que ela se capacite e volte para contribuir com a nossa comunidade”, revelou a Alvanete.

A viagem

Durante o intercâmbio, com duração de três meses, além de ficarem hospedados em casas de famílias nativas, acostumadas a receber adolescentes e jovens estrangeiros, os alunos também participarão de passeios turísticos e culturais para conhecerem e absorverem ao máximo a cultura local.

Os organizadores do intercâmbio ainda não divulgaram a data da viagem, mas deve ser ainda no primeiro semestre deste ano.

A importância do apoio

A diretora do Departamento de Economia Solidária e Apoio ao Associativismo da Prefeitura da Serra, Rogéria Gomes, destacou a importância do apoio a empreendimentos solidários, como forma de transformar a realidade das comunidades.

“O apoio a empreendimentos solidários como esses convergem em bem-estar social e desenvolvimento dos núcleos familiares dos associados, exemplo disso são os excelentes resultados no nível educacional obtidos pelas jovens Luíza Eleotério, que os pais são catadores da Abrasol, em Planalto Serrano, e Rithelly Piveta de Andrade, que a mãe é associada da Recuperlixo de Jardim Tropical. Ambas conseguiram ser aprovadas em seleções que as levarão para estudar fora do país”.

Rogéria explica que a Prefeitura da Serra estabelece parceria com as associações de catadores, regularizadas no município, com intuito de repassar recursos financeiros e fornecer apoio técnico, através do Departamento de Economia Solidária e Apoio ao Associativismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES DA SECOM PMS

Deixe seu comentário

SIGA-NOS