Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99914-9706
    André Oliveira

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Fevereiro Sangrento (repercussão)

Fevereiro Sangrento (repercussão)
06 fevereiro 14:27 2019 Imprimir notícia
Cultura

POR BRUNO BRANDÃO SILVA E MARCOS BUBACH*

O drama vivido pela população capixaba durante a greve deflagrada no Estado por policiais militares acabou pode reservar algumas surpresas. E uma delas está sendo contada, com detalhes que possam ter sido omitidos pela grande imprensa e até redes sociais, no livro com o título 'Fevereiro Sangrento', do escritor Marcos Bubach e do professor Bruno Brandão Silva.

Os autores tiveram acesso a um celular que guarda todos os fatos, conversas, fotos, áudios entre os policias daquela época (vários grupos no WhatsApp). Ali tinha, tem, o que não fora divulgado na mídia e essa é a base de nosso livro.

'Fevereiro Sangrento' será uma trilogia. A obra traz acontecimentos e histórias misturadas ao elemento ficcional. O primeiro livro abordará os dias mais sangrentos, os primeiros dias da paralisação.

Após a publicação do livro, inúmero relatos têm chegado ao conhecimento dos autores. São de cidadãos, militares que "participaram" ativamente deste momento histórico.

Recebemos o relato de dois militares, um do Exército e o outro da Polícia Militar.

"Camarada, sou eu na capa do seu livro! Juro e consigo provar. rssrs Gostaria de poder ser um dos primeiros a compra ele. 07/02/2017 foi o dia em que essa foto foi tirada, em frente ao QCG da PM, onde atuei por longas horas. Foi um momento especial para mim, e gostaria de não só ler esse livro, mas ter como uma lembrança" (Mensagem do Soldado do Exército).

O relato do policial militar demonstra a preocupação em imortalizar o evento em que ele participou ativamente:

"Esse livro faz parte da minha vida. Vivi esses momentos marcantes na pele e pretendo passar os detalhes através dessa obra, à minha posteridade daqui, sei lá, uns 10 anos, para meu sobrinho, que hoje tem 10 anos, meus amigos e familiares; principalmente para minha filha, que hoje tem 3 meses. Vocês (Bruno Brandão e Marcos Bubach) não têm ideia da gratidão que tenho em poder ter em mãos uma relíquia como esse livro, que servirá como um arquivo vivo em minha estante de livros, guardado com esmero e a pronto emprego, assim que alguém me perguntar daquele momento emblemático no qual todos nós, capixabas, passamos".

O relato mais emocionante é o da jovem professora de Educação Física Rayani Ferri, a quem hoje prestamos homenagem.

No dia 06 de Fevereiro de 2017, após ser assaltada por quatro adolescente, foi baleada na cabeça. A jovem é um milagre! Deus a poupou.

Eis a nossa homenagem:

ENQUANTO HOUVER SOL - TITÃS

Quando não houver saída

Quando não houver mais solução

Ainda há de haver saída

Nenhuma ideia vale uma vida

Quando não houver esperança

Quando não restar nem ilusão

Ainda há de haver esperança

Em cada um de nós

Algo de uma criança

Enquanto houver sol

Enquanto houver sol

Ainda haverá

Enquanto houver sol

Enquanto houver sol

Quando não houver caminho

Mesmo sem amor, sem direção

A sós ninguém está sozinho

É caminhando

Que se faz o caminho

Quando não houver desejo

Quando não restar nem mesmo dor

Ainda há de haver desejo

Em cada um de nós

Aonde Deus colocou

Enquanto houver…

Aproveitamos para homenagear os nossos heróis, os policiais militares.

Honramos também os pais e as mães que perderam os seus filhos; aos filhos que hoje não podem sentir o abraço de seus queridos pais. Têm o nosso afeto os comerciantes, lojistas e empreendedores.

Aos CIDADÃOES DE BEM capixabas.

Infelizmente, não poderemos homengear a todos!

...

O livro lançamento será dia 20 de fevereiro na Assembleia Legislativa, às 19h.

Pré-venda e maiores informações: (27) 99656-6848 e (27) 99512-2130.

...

 

 

*Marcos Bubach é Produtor Cultural, Escritor e Presidente da Academia de Letras de Cariacica.

Autor dos livros 'Pés descalços'; 'Outros de mim'; 'Os mistérios do casarão em Carapebus e a fuga de Berlim'.

Contato: marcosbubach@yahoo.com.br

 

 

 

 

 

 

*Bruno Brandão Silva é Professor de História, Escritor e Palestrante.

Autor dos livros 'Meu Brasil verde e amarelo' e 'Pedrinho, o imperador' (Duna, Noruega).

Contato: brunobrandaosilva@gmail.com

 

 

 

 

 

Compartilhe esse post

Deixe seu comentário

VOCÊ CONCORDA COM O USO DE DINHEIRO PÚBLICO NA PROGRAMAÇÃO DE VERÃO E CARNAVAL EM SÃO MATEUS?

Não

Sim

Ver resultados