Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Dez praias são atingidas por fragmentos de óleo no norte do Espírito Santo

Dez praias são atingidas por fragmentos de óleo no norte do Espírito Santo
12 novembro 08:24 2019 Imprimir notícia
Espírito Santo

Mais três praias capixabas foram atingidas pelos fragmentos do óleo que contaminou o litoral nordestino. Os novos pontos foram no litoral de Linhares. São elas: Degredo, Povoação e Cacimbas. Outras sete praias voltaram a receber o resíduo.

Ao todo já foi recolhido o material em dez praias localizadas em três cidades: Conceição da Barra, São Mateus e Linhares. De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), as contaminações por óleo foram registradas, até a tarde desta segunda-feira (11), nos seguintes locais:

* Conceição da Barra - Itaúnas

* São Mateus - Guriri, Barra Nova Norte, Barra Nova Sul, Praias das Pedras e Urussuquara

* Linhares - Pontal do Ipiranga, Degredo, Povoação, Cacimbas

Novos fragmentos voltaram a ser encontrados em Itaúnas, Guriri, Urussuquara e Pontal do Ipiranga. E desta vez, segundo o superintendente do Ibama, Diego Libardi, os resíduos chegaram ainda a novos pontos de Linhares.

Mas até o final da tarde desta segunda-feira (11/11), o litoral na região de Comboios, em Linhares, onde está localizada uma das bases do Projeto Tamar – um programa de conservação das tartarugas marinhas –, não havia sido afetado pela contaminação. "A região não foi atingida até o momento", explicou Libardi.

Segundo o superintendente do Ibama, as equipes estão atuando rapidamente para retirar todo o resíduo que aparecer no litoral capixaba. Ele voltou a assinalar que a população não deve ter contato com o material, que é tóxico e cancerígeno. "A orientação é ligar para o 185 e esperar que as equipes especializadas cheguem ao local para fazer o recolhimento do produto. As Forças Armadas estão agindo rápido, não precisa recolher o material", destacou.

AVES CONTAMINADAS

Também chegaram ao Estado, na tarde desta segunda-feira, dois Atobás. São aves migratórias que voam a grandes distâncias e que foram capturadas com pequenas manchas de óleo em suas penas. "São aves que vieram de Abrolhos, mas que não foram contaminadas no Espírito Santo", explicou o superintendente do Ibama.

PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES GAZETA ONLINE

 

Deixe seu comentário

SIGA-NOS