Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Deputada Estadual Janete de Sá lança Campanha Agosto Lilás na Assembleia Legislativa

Deputada Estadual Janete de Sá lança Campanha Agosto Lilás na Assembleia Legislativa
15 agosto 22:39 2019 Imprimir notícia
Legislativo

A deputada Janete de Sá, Procuradora Especial da Mulher da Assembleia Legislativa, fez nesta quinta-feira, 15, a abertura oficial da Campanha “Agosto Lilás”, mês de conscientização pelo fim da violência conta a mulher. O evento, realizado na Procuradoria da Mulher, contou com a presença de representantes do poder judiciário, Universidade Federal do ES, Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, Movimento de Mulheres e representantes da sociedade civil.

A campanha Agosto Lilás foi criada em alusão ao aniversário da Lei Maria da Penha, e estabelece um mês de atividades de conscientização da população sobre os tipos de violência contra a mulher e como combatê-las. O objetivo dessa iniciativa é sensibilizar a sociedade para o fim da violência contra mulheres. Por conta disso a deputada Janete protocolou nesta quinta-feira, um projeto de Lei incluindo o Agosto Lilás no calendário de eventos do Governo do Estado.
“A Campanha do “Agosto Lilás” é um alerta à violência contra a mulher.

De janeiro até hoje, a Secretaria Estadual de Segurança Pública registrou 52 mortes de mulheres no Estado, sendo que desse total, 23 foram feminicidios, ou seja, 44% dos casos foram motivados por questão de gênero. O número de feminicídios em 2019, já supera os 21 casos registrados no mesmo período do ano passado. A iniciativa do Projeto de Lei tem um peso muito importante já que contribui com a conscientização e a mudança de comportamento de toda a sociedade. A oficialização do Agosto Lilás no Estado do Espírito Santo visa dar uma maior conscientização sobre o tema no que diz respeito à violência física, moral, patrimonial, sexual, emocional ou psicológica. A aprovação dessa Lei será um reconhecimento à luta constante contra a violência que a mulher sofre em nossa sociedade”, destacou a parlamentar.

Desde que foi criada a Procuradoria da Mulher da Ales, presidida pela deputada Janete de Sá, já realizou 318 atendimentos. Foram 123 atendimentos só no primeiro semestre desse ano. Na Procuradoria, a mulher não sai sem ter seu problema resolvido ou encaminhado para solução.

A Procuradoria da Mulher, localizada no térreo da Ales, funciona de segunda à sexta, das 9 às 18hs. O atendimento é gratuito.

PORTAL SBN | SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS

Deixe seu comentário