Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Cultura, cidadania e serviços gratuitos durante Ação Integrada pela Cidadania em Terra Vermelha

Cultura, cidadania e serviços gratuitos durante Ação Integrada pela Cidadania em Terra Vermelha
13 outubro 16:52 2019 Imprimir notícia
Cultura

Milhares de pessoas entre crianças, jovens e adultos participaram, neste sábado (12/10), da primeira Ação Integrada pela Cidadania, realizada no bairro Terra Vermelha, em Vila Velha. O evento promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) – que coordena o eixo de proteção social do Programa Estado Presente Em Defesa da Vida –, ofereceu atividades e serviços gratuitos à comunidade. Testes rápidos de saúde, assistência jurídica, emissão de documento, orientações de defesa ao consumidor, além de apresentações culturais e recreação para as crianças foram algumas das atividades. A ação foi realizada na Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) Prof. Paulo Cesar Vinha (CAIC).

Além do governador do Estado, Renato Casagrande, e da primeira-dama, Maria Virgínia Casagrande, prestigiaram o evento a vice-governadora Jaqueline Moraes, vários secretários e subsecretários de Estado, bem como o prefeito de Vila Velha, Max Filho, entre outras autoridades e lideranças comunitárias da região.

Em sua fala, Casagrande destacou a importância desta Ação Integrada, que foi a primeira desde a retomada do Programa Estado Presente em Defesa da Vida no início deste ano.

“É um dia para prestarmos serviços, praticar esporte, mas o que a gente quer mostrar é que o Governo do Estado tem que estar aqui todos os dias. Dentro do Estado Presente vamos colocar o Centro de Juventude aqui na Região 5. Não será apenas para a juventude, mas para as pessoas de mais idade também. No Estado Presente temos operações policiais e estamos conseguindo reduzir os homicídios, mas para enfrentar violência não basta apenas a força policial. Temos que ter saúde, educação, serviços sociais, infraestrutura e saneamento básico. A Região 5 precisa muito de nós. Precisamos de menos armas e mais paz”, reforçou o governador.

A secretária de Direitos Humanos, Nara Borgo, ressaltou que a segurança cidadã é tão fundamental quanto a proteção policial. “Nós entendemos que a Polícia é extremamente importante, mas a gente também garante segurança através da saúde, da educação, da cultura, de assistência social, entre outros direitos. Então oferecemos todos esses serviços à comunidade da Grande Terra Vermelha durante o dia de hoje. Estamos com uma relação forte com o bairro, no intuito de mostrar e reforçar as potencialidades e talentos das juventudes da região. Eles estão com a gente numa programação cultural incrível, com música, grafite e muito mais. O que queremos é esta integração social mesmo”, afirmou.

Nara Borgo também enfatizou a satisfação em poder realizar essa Ação Integrada pela Cidadania. “Neste período de gestão, com a retomada do Estado Presente, o Governo do Estado conseguiu reduzir os índices de homicídio no Espírito Santo e quanto menos homicídios, mais vidas preservadas. É uma grande alegria poder retomar também essas ações, que fazem parte do eixo de proteção social, que está tendo a sua primeira grande entrega”, ressaltou.

Relatos

Glauciete da Silva Rodrigues aproveitou o serviço ofertado pela Polícia Civil para tirar a identidade das filhas. “Cheguei cedo para conseguir pegar, mas é um serviço que facilita por estar sendo prestado dentro do bairro”, pontuou.

Já Taina Almeida Dias, 16 anos, conseguiu dar um pontapé para a sua qualificação. “Me inscrevi no curso de Informática. Sempre quis fazer, mas não tive a oportunidade ainda. A equipe foi muito simpática e nos tratou muito bem”, enfatizou.

No Espaço Primeira Infância, que foi uma das novidades desta Ação Integrada, Andrielly Gomes, mãe da Julia, de um ano, levou a filha para a tenda de desenvolvimento. “Ela aprendeu as coordenações motoras e eu a como tratar o desenvolvimento dela. Gostei bastante”, disse.

A 1ª Ação Integrada pela Cidadania contou com a parceria da Prefeitura de Vila Velha e diversos Órgãos estaduais – Secretarias de Estado de Cultura (Secult); Segurança Pública e Defesa Social (Sesp); Esportes e Lazer (Sesport); Saúde (Sesa); Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional (Secti); Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades); Turismo (Setur); além da Defensoria Pública, Procon Estadual, Polícias Civil (PCES) e Militar (PMES), Corpo de Bombeiros Militar (CBMES), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Rádio e Televisão Espírito Santo (RTV-ES).

Ao todo, o evento contou com o apoio de aproximadamente 300 voluntários.

Programa Estado Presente

O programa tem como objetivo a redução dos índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, além de reduzir a vulnerabilidade da juventude à violência. Desde a sua retomada no início deste ano, a iniciativa do Governo do Estado tem alcançado bons resultados, como destaca o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, que atua também como coordenador-executivo do Estado Presente.

“O Estado Presente, com ações envolvendo o sistema de justiça criminal, e a forte articulação com o Ministério Público, o Poder Judiciário e a Defensoria Pública, entre janeiro e setembro deste ano foi responsável por uma queda de 17,6% no número de mortes violentas no Estado", apontou Duboc, que também associa o sucesso do Estado Presente ao fato de ser um programa transversal de governo.

“Ele promove a articulação entre as secretarias e órgãos do Governo capixaba, priorizando a implantação de ações e projetos voltados para o controle da criminalidade e prevenção à violência, a partir da ampliação do acesso aos serviços básicos e promoção da cidadania em regiões caracterizadas por altos índices de vulnerabilidade social”, completou o secretário de Estado e coordenador-executivo do Programa.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/ASCOM 

Deixe seu comentário