Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Com 10 mil monitores, Mais Estudo inicia sessões de reforço escolar

Com 10 mil monitores, Mais Estudo inicia sessões de reforço escolar
16 setembro 18:50 2019 Imprimir notícia
Educação

As monitorias do Mais Estudo (+ Estudo) começaram nesta segunda-feira (16/09), com o objetivo de fortalecer o processo de ensino e aprendizagem nas escolas da rede estadual. Executado pela Secretaria da Educação do Estado, o programa selecionou 10 mil estudantes com bom desempenho em Língua Portuguesa e Matemática. Eles irão ganhar uma bolsa de R$ 200 pelos próximos três meses para ajudar os colegas com notas abaixo da média nessas disciplinas.

De acordo com a superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Brito, o Mais Estudo foi desenhado para apoiar os estudantes que estão precisando de ajuda nessa reta final do ano. “Foi um movimento muito bem-sucedido, no qual toda a rede se engajou e todas as escolas que estavam habilitadas a fazer a adesão de monitores fizeram. Foram mais de 10 mil inscritos, inclusive. Por meio do debate entre pares, estamos estimulando estudantes com melhores resultados a auxiliarem os colegas que precisam do reforço”, explica.

Uma das escolas a iniciar as monitorias foi o Colégio Estadual Aliomar Baleeiro, no bairro de Pernambués, em Salvador. Foram 21 estudantes selecionados como monitores. Entre eles, Jaíne Elen, aluna do 2º ano, vai ajudar os colegas com dificuldade em Língua Portuguesa. “Fico feliz de poder repassar todo o conhecimento que acumulei em sala de aula para meus amigos. Essa bolsa é um grande incentivo e vai ajudar muito no dia a dia”, garante.

Também cursando o 2º ano na unidade escolar, Kailane Francisca vai transmitir o que sabe de matemática durante as monitorias. “Como não é uma aula convencional, eu posso ajudar meus colegas de uma maneira diferente e me ajudar ao mesmo tempo”.

O Colégio Aliomar Baleeiro também já indicou quais professores atuarão como supervisores. “A monitoria não é aleatória. Por isso há um acompanhamento dos professores. Este projeto eleva a autoestima dos jovens, já que reconhece o bom desempenho deles e desperta, nos que não estão tão bem assim, a vontade de melhorar e poder fazer parte do grupo com média acima de 8”, afirma a diretora, Andréia Passos.

As sessões de reforço escolar ocorrem no contraturno das aulas regulares e contam com carga horária de seis horas semanais. Os monitores dedicam outras duas horas, semanalmente, para se prepararem, recebendo orientação pedagógica. Esta primeira fase do Mais Estudo será realizada durante todo o trimestre final de 2019.

PORTAL SBN| SISTEMA BRASILEIRO DE NOTÍCIAS/SECOM

Deixe seu comentário