Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99798-9398
    Luscivanio Lopes

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

Cinco exercícios de Pilates para a terceira idade

Cinco exercícios de Pilates para a terceira idade
13 setembro 15:14 2019 Imprimir notícia
Esporte

Dia 27 de Setembro é o Dia Nacional do Idoso. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem cerca de 23,5 milhões de brasileiros na terceira idade e estipula-se que em 2026, o Brasil será o sexto país com mais idosos no mundo.

Na terceira idade, o corpo apresenta-se mais frágil e a pessoa fica sujeita à diversas patologias, por isso, é muito importante praticar atividades físicas e ter uma boa alimentação durante essa fase.

Segundo Dalmara Coutinho, instrutora de Pilates do Estúdio MetaLife, na capital paulista, atualmente as pessoas, de um modo geral, buscam por atividades físicas para manter uma vida mais saudável. O público da terceira idade não é diferente e o “estar em movimento” já se incorporou no dia a dia deles. Querem viver mais e melhor. “O Método Pilates tornou-se um forte aliado nessa fase, pois além de exercitar o corpo globalmente, a sua prática exige concentração, trabalha o equilíbrio e a respiração”, informa.

Quando se fala em terceira idade, alguns cuidados devem estar sempre em mente e fazer o exercício de forma segura torna-se regra e a atenção a individualidade é essencial já que cada indivíduo se move de uma forma diferente. “E por mais saudável que se viva, os idosos convivem com um desgaste progressivo do corpo que requer muita atenção na prática de qualquer tipo de esporte, inclusive no Pilates”, diz a instrutora da MetaLife.

PILATEANDO NA TERCEIRA IDADE

De acordo com a instrutora, os exercícios devem ser praticados em um ambiente seguro e, por mais desafiadores que sejam, os mesmos não devem colocar em risco a integridade de quem está praticando.

O risco de desequilíbrios e quedas requer atenção do instrutor. “Exercícios com muita carga e com grandes alavancas devem ser analisados com rigor e só realizados se realmente o aluno tiver condições para tal”, alerta Dalmara.

1. Roll Down no Cadillac

Sente-se sobre os ísquios de frente para barra de rolamento, mantenha pelve e coluna neutras, pés apoiados nos postes verticais, braços estendidos para frente e mãos segurando a barra abertura do tamanho dos ombros. Inspire preparando o movimento e na expiração role sua pelve e sua coluna para trás apoiando uma vértebra de cada vez até atingir a posição deitada. Inspire embaixo e na expiração inicie o movimento de volta dirigindo seu olhar para a barra e volte tirando uma vértebra de cada vez até voltar a posição inicial. Esse é um excelente exercício para mobilizar a coluna e dar consciência do movimento das vértebras se movimentando.

2. Forward push-thru no Cadillac

Inicie sentado para a barra de empurrar com a pelve e coluna neutras, pernas estendidas e pés nos postes laterais. Braços estendidos para segurar a barra de empurrar. Inspire rolando para trás dos ísquios e abaixando a barra, na expiração empurre a barra em direção aos pés, inspire rolando de volta e retorne para posição inicial. É um bom exercício para alongar cadeia posterior de tronco.

3. Midback series no Reformer

Deitado em decúbito dorsal, com as pernas dobradas na posição de apoio (cadeirinha), Mãos nas alças, cotovelos dobrados no carrinho. Eleve seus 2 braços em direção ao teto deixando as escápulas apoiadas, inspire para preparar o movimento e na expiração leve seus braços de volta ao carrinho puxando as alças, puxo e devolvo o carrinho com a mesma velocidade, é um bom exercício para trabalhar a musculatura dos braços e treinar a estabilização do abdômen.

4. Standing Leg Press na Cadeira

Fique em pé de frente a cadeira, pelve e coluna na neutra, perna de suporte estendida e apoiada no chão, a perna de movimento estendida e a frente com o pé apoiado no pedal, metatarsos apoiados no pedal. Braços estendidos para os lados ou para frente e se o equilíbrio for muito ruim pode-se apoiar as mãos nas alças da cadeira. Inspire e flexione o joelho da perna do pedal assim o pedal se eleva, na expiração empurre e estenda o joelho, pressionando o pedal para baixo. Esse exercício treina e desafia o equilíbrio.

5. Extensão da coluna para neutra no Barril

Deitado em decúbito ventral no barril apoiando a pelve no barril (pode ser na parte mais baixa), pés apoiados no chão, mãos apoiadas na testa, role por cima do barril, inspire para preparar o movimento e na expiração eleve seu tronco para trás até o posicionamento neutro da coluna. É um bom exercício para estimular a extensão do tronco, se o aluno tiver dor diminua a alavanca do movimento. Trabalhar extensões é benéfico.

PORTAL SBN| COM INFORMAÇÕES DO COMUNICAÇÃO 

 

Deixe seu comentário