Estados

  • Contato:
    (73) 99936-1132
    Luscivanio Lopes
  • Contato:
    (27) 99914-9706
    André Oliveira

Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias Portal SBN | Sistema Brasileiro de Notícias

6 maneiras de adoçar o café de forma saudável

6 maneiras de adoçar o café de forma saudável

Compartilhe esse post

Estilo de Vida

Que o café é um dos melhores amigos da saúde, a ciência já comprovou. Os estudos apontam para um impacto direto e positivo desta bebida, desde, claro, que seja consumida com moderação.

Este ano, a título de exemplo, um estudo publicado na revista Annals of Internal Medicine revelou que o consumo de café pode contribuir para a longevidade, ajudando a evitar doenças cardíacas, renais, respiratórias, cânceres, AVC ou diabetes. Está também cientificamente comprovada a ligação entre o consumo regular de café e a boa memória, a boa saúde hepática e ainda melhores níveis de energia. Na verdade, não faltam motivos para beber uma, duas, três ou até quatro cafés por dia.

Foto Arquivo
Café

Contudo, para que esta bebida seja realmente benéfica e importante para o bem-estar, é preciso limitar o açúcar. Evitar os cafés com cremes e sabores é igualmente importante.

Já diz a sabedoria popular que o verdadeiro apreciador de café é aquele que bebe o mais natural possível, mas a verdade é que existem adoçantes naturais que prometem um sabor mais agradável e ainda mais benefícios para a saúde e a canela, como já é de conhecimento comum, é um dos melhores substitutos.

Esta especiaria reforça o poder anti-inflamatório do café, diz a revista Prevention, que assegura que a junção de cacau é também uma aposta boa. De acordo com a publicação, aliar o café ao cacau melhora o fluxo sanguíneo e o funcionamento do coração e do cérebro, mas não só: ajuda ainda a 'matar' a gula.

Para quem não abdica do sabor doce da bebida, o extrato de baunilha pode ser a opção mais indicada, ou então um pouco de flocos de coco, sendo que este último 'adoçante' altera a textura da bebida e pode não ser do agrado de todos. Em alternativa aos flocos de coco, pode-se sempre adicionar óleo de coco, devendo-se ter atenção à quantidade devido ao porte calórico, algo que também deve ser tido em conta quando se recorre ao mel.

Compartilhe esse post

Deixe seu comentário